Home / Modalidades / Ciclismo / Um SUPER TRUQUE para COMER MENOS mesmo quando o CORPO PEDE ENERGIA

Um SUPER TRUQUE para COMER MENOS mesmo quando o CORPO PEDE ENERGIA

Quando a ansiedade nos assalta, o cérebro costuma pedir “energia” e costuma apetecer coisas doces e bastante calóricas. Mas, não tem de ser assim! Podemos muito bem enganar a nossa massa cinzenta

Quando o teu cérebro está esgotado devido a um trabalho mental intenso, precisa de energia para se repor, o que produz uma mistura de fome e ansiedade, que pode estragar a tua dieta. Se isto te acontece frequentemente e o teu cérebro está permanentemente esgotado

Um artigo da revista “Medecine & Science in Sports & Exercise” e republicado na revista Sport Life promete encontrar uma boa solução para este problema:

Os investigadores da Universidade de Alabama e Birmingham recrutaram um grupo misto de 38 estudantes, a quem depois de 35 minutos de relaxamento convidaram a comer toda a pizza que quisessem, tinham que completar uma prova mental muito extenuante. Depois da prova mental dividiu-se os participantes em dois grupos, o primeiro tinha que descansar 15 minutos antes de começar a comer, e o segundo tinha que fazer 15 minutos de exercício de intervalos de alta intensidade numa passadeira de correr, antes de comer.

Os resultados foram significativos. O grupo que descansou depois da prova mental comeu mais pizza que na semana anterior, uma média de 100 calorias mais. O grupo que praticou exercício depois da prova comeu menos, cerca de 25 calorias menos.

A explicação é que quando o cérebro está esgotado precisa de mais energia, o que nos induz a comer um pouco mais do que o habitual para repor os depósitos sem demora.

Mas quando fazemos exercício, os músculos libertam ácido lático no sangue, que se converte em lactato que é uma fonte de energia rápida para o cérebro e ao treinar depois do esforço mental estamos a produzir “alimento” para o cérebro. Isto ajudaria a comer menos quantidade e menos calorias, sem nos esquecermos de que os 15 minutos de exercício de alta intensidade também queimam calorias extra.

Conclusão: o exercício intenso pode servir-te para compensar a exigência de energia produzida pelo trabalho mental.

Conheça a Nossa Revista Desporto&Esport
A versão total são 200 páginas, 100% conteúdo e sem publicidade

ou

x

Check Also

Os segredos de Chris Froome – o treino, doping, doenças e as polémicas

Facebook Twitter LinkedIn Reddit WhatsAppFroome e a sua equipa Sky tem dominado ...