Home / Fitnesss / Repetições para a HIPERTROFIA: o que verdadeiramente importa?

Repetições para a HIPERTROFIA: o que verdadeiramente importa?

O critério clássico de realizar 10 repetições por série não é suficiente para saber se se está a aplicar um estímulo correto. A carga total aplicada também é importante. Os estudos mais recentes confirmam que fazer demasiadas séries não é o mais adequado.

Para o desenvolvimento de um músculo, as séries e repetições devem ser calculadas para conseguir uma margem de entre 36 e 50 repetições totais. Qualquer volume que ultrapasse as 50 repetições totais não irá permitir utilizar uma carga maior que 70% do RM, o que limita o pretendido stress neural e estrutural elevados.

Seguindo este critério, para intensidades de 70 a 80%, devem aplicar-se esquemas de 4×12, 5×10, 6x6… para um trabalho eficaz e ótimo de um grupo muscular. Como irás comprovar, o volume ideal pode ser muito menor do que seguramente estavas a realizar.

Conheça a Nossa Revista Desporto&Esport
A versão total são 200 páginas, 100% conteúdo e sem publicidade

ou

x

Check Also

Super treino para o corpo perfeito em duas semanas – usar só em caso de emergência

Facebook Twitter LinkedIn Reddit WhatsAppA ciência ainda não é capaz de operar ...